Espinho Vivo” – CLDS 3G

O Projeto O Contrato Local de Desenvolvimento Social de 3ª Geração em execução no Concelho de Espinho tem como finalidade potenciar os territórios e a capacitação dos cidadãos e famílias promovendo a equidade territorial, a igualdade de oportunidades e a inclusão social nas suas mais diversas dimensões.
Sendo os CLDS 3G um instrumento de intervenção de proximidade, o Espinho Vivo tem como enfoque a criação de redes de colaboração interinstitucionais que favoreçam e aumentem a capacidade de resposta, para as diferentes problemáticas dos cidadãos, promovendo assim, o desenvolvimento sustentável e inclusivo do território.O projeto CLDS 3G – Espinho Vivo é desenvolvido numa parceria tripartida, coordenada pela ADCE, entre a Associação de Desenvolvimento do Concelho de Espinho (responsável pela execução do eixo 1), a CERCI Espinho (responsável pela execução do eixo 2) e o Centro Social de Paramos (responsável pela execução do eixo3), cabendo a cada um dos parceiros um conjunto de responsabilidades e atividades a desenvolver, com vista a dar resposta aos objetivos dos CLDS 3G, definidos na Portaria nº 179-B/2015.Tipologia de Operação: 3.10 CLDS, integrada no Eixo 3 do PO ISE.
Entidade Intermédia: ISS, I.P.
Objetivos Eixo 1:
 Estabelecer uma estreita parceria com o Instituto do Emprego e da Formação Profissional, I. P. (IEFP, I. P.), no sentido de favorecer os processos de integração profissional, social e pessoal, dos desempregados, designadamente:
 Capacitar e ajudar a desenvolver atitudes de procura ativa de emprego;
 Informar sobre o conteúdo e abrangência das medidas ativas de emprego e oportunidades de inserção em instituições do território;
 Apoiar o enquadramento de projetos de autoemprego e de empreendedorismo nos diferentes programas e instrumentos de apoio, promovendo o encaminhamento dos interessados para o apoio técnico;
 Informar e encaminhar para oportunidades de qualificação desenvolvidas pelas autoridades públicas e privadas;
Sensibilizar os empresários, as instituições e as entidades empregadoras locais para uma participação ativa na concretização de medidas ativas de emprego e em processos de inserção profissional e social;
 Contribuir para a sinalização, encaminhamento e orientação de alunos que abandonam ou concluem o sistema educativo, no sentido de desenvolver ações de favorecimento da integração profissional;
 Desenvolver ações que estimulem as capacidades empreendedoras dos alunos do ensino secundário, numa perspetiva de reforço da iniciativa, da inovação, da criatividade, do gosto pelo risco e que constituam uma primeira abordagem à atividade empresarial;
Promover a criação de circuitos de produção, divulgação e comercialização de produtos locais e ou regionais de modo a potenciar o território e a empregabilidade.
Público-alvo População do Concelho de Espinho
Serviços, Atividades e ou dispositivos Actividades – Eixo 1:
– Balcão da Empregabilidade – Atendimento e Orientação Vocacional e Procura Activa de Emprego
– GEPE- Grupo de Entrejuda na Procura de Emprego
– Gabinete de Apoio ao Empresário e ao Empreendedor
– Conselho de Parceiros
– Diagnóstico de Formação
– INEET: Coaching, formação e jobshadowing
– Empreende-te: Oficinas de Experimentação
– Concurso de Ideias Empreendedoras
– Entre a Escola e o Mercado
– Cre(arte)
Parceiros institucionais
Logotipo projeto
Logotipos financiadores
Coordenador projecto Coordenador: Eder Moreira