História

 

A Associação de Desenvolvimento do Concelho de Espinho (ADCE), constituída a 27 de Abril de 1995, é uma Associação Sem Fins Lucrativos criada por iniciativa da Câmara Municipal de Espinho e outras instituições, públicas e privadas locais e regionais. A ADCE surge no panorama institucional concelhio enquanto entidade vocacionada para a Luta contra a Pobreza e Exclusão Social, procurando adotar intervenções concertadas, que promovam em simultâneo, e de forma integrada, estratégias de natureza social e de dimensão económica que aumentem as possibilidades de uma inclusão efetiva e promovam para todos os cidadãos o acesso ao exercício de uma profissão.

Para cumprimento da sua missão, a instituição tem vindo a prosseguir uma linha estratégica de atuação que assenta em cinco pilares fundamentais:

  1. Uma estratégia integrada de desenvolvimento, por via da implementação de respostas multidimensionais de prevenção, combate à pobreza e à exclusão, bem como de animação e mobilização global das comunidades locais.
  2. Reforço da sua estratégia territorializada, descentralizada e de proximidade às pessoas, de forma a facilitar as melhores condições de acesso à informação, serviços e equipamentos, bem como as relações de empatia e confiança que potenciem as dinâmicas de (des)envolvimento das comunidades.
  3. Articulação de estratégias de desenvolvimento social e cultural com estratégias de dimensão económica que valorizem os recursos endógenos e a sua sustentabilidade.
  4. Enquadramento numa estratégia de continuidade, inovação, alargamento, consolidação e desenvolvimento de resultados, esforços e progressos sustentadamente conseguidos.
  5. Operacionalização de uma abordagem transversal e concertada das comunidades, potenciando as sinergias entre a complementaridade das ações e os recursos disponíveis, tendo como principal suporte as linhas de financiamento existentes a nível nacional e comunidade europeia.

Naturalmente, os serviços e projetos prestados pela ADCE têm vindo a sofrer uma evolução que tem por base, por um lado as necessidades e problemáticas detetadas nas comunidades e territórios e, por outro, a experiência de trabalho que temos vindo a adquirir. Assim, atualmente os projetos e serviços prestados pela instituição são os seguintes:

  • Centro Comunitário “Espinho Mar Espinho Terra”;
  • Protocolo do Rendimento Social de Inserção;
  • Apoio Técnico ao Programa da Rede Social do Concelho de Espinho;
  • Formação e Apoio ao Desenvolvimento Integrado;
  • Centro Multimeios de Espinho.

 

Momentos relevantes da sua trajetória

 

1995 – Constituição

1995-2005 – Dinamização do Projeto de Luta Contra a Pobreza e Exclusão Social no concelho de Espinho

1995 a 2006 – Apoio técnico ao Programa Especial de Realojamento

1995 – 1998 – Dinamização do projeto transnacional Leonardo Da Vinci – Landscaping

1996 – Início da atividade do departamento de qualificação e formação profissional.

1998 – Início do eixo de atuação da dinamização económica e criação de emprego, com a criação da primeira empresa de inserção na área da tapeçaria de arraiolos. Nos anos posteriores e até 2004, a ADCE criou mais 5 empresas de inserção.

1998-1999 – Dinamização do projeto transnacional Youthstart – Fortours

1998 – 1999 – Dinamização do projeto transnacional Sócrates Comenius III

1998 – 2000 – Dinamização do projeto transnacional Leonardo Da Vinci – Phoenix

2000 – A ADCE, em estreita parceria com a Câmara Municipal, surge como uma das grandes impulsionadoras do projeto-piloto da Rede Social no concelho de Espinho integrando, o Conselho Local de Ação Social, o Núcleo Executivo e a Unidade Técnica da Rede Social.

2003-2009 – A ADCE assumiu a gestão do TeleCentro de Espinho

2004 – A entidade obteve a acreditação como entidade formadora.

2004 -2011 – A ADCE passa a gerir o Complexo de Ténis de Espinho.

2001- 2015 – Gestão do restaurante do Parque de Campismo do Concelho de Espinho.

2005 – Com o término do projeto do PLCP, a instituição assinou um protocolo atípico com a Segurança Social para a criação do Centro Comunitário “Espinho Mar – Espinho Terra”

2005 – Assina também acordo com a Segurança Social para a dinamização de uma Equipa do Protocolo do Rendimento Social de Inserção

2009 – 2015 – A ADCE assume o projeto (En)Caminhar o Futuro que intervém na reinserção social e profissional de 40 indivíduos toxicodependentes em processo de recuperação.

2011 – 2014 – A ADCE promove o Contrato Local de Desenvolvimento Social “Espinho Vivo”.

2014 – Inauguração do sistema de projeção digital no cinema e planetário do centro Multimeios.

2015 – A ADCE foi novamente convidada para dinamizar um novo Contrato Local de Desenvolvimento Social (3G), estando a aguardar parecer sobre a candidatura apresentada em Julho do corrente ano.